quarta-feira, 22 de julho de 2009

Chancelaria da Embaixada da Ordem de Malta em Portugal


Desde a apresentação das cartas credencias a S.E. o Sr. Presidente da República Sr. Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva, em 10 de Setembro de 2008 que a sede da Chancelaria da Embaixada da Ordem Soberana Militar de Malta em Portugal, passou a ser no Palácio da Junqueira, sito à Rua da Junqueira, 136, 1300- 344 Lisboa.
Além da Chancelaria, o Palácio da Junqueira é também a residência oficial de Sua Excelência o Sr. Embaixador Dr. Miguel de Polignac.

domingo, 5 de julho de 2009

Entrega do Convento Corpus Christi

No dia 28 de Junho, S.E. o Conde de Albuquerque, Presidente da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana Militar de Malta deslocou-se a Vila Nova de Gaia, acompanhado de outros membros do Conselho, e de S.E. o Sr. Dr. Miguel de Polignac, Embaixador da Ordem Soberana Militar de Malta em Portugal, afim de assistir às cerimónias solenes de entrega das instalações, do Convento de Corpus Christi em Gaia.
As referidas instalações, as quais outrora estiveram na posse da Fundação encontravam-se há anos em estado de grande degradação, tendo o Município de Vila Nova de Gaia procedido ao respectivo restauro .
A Fundação Frei Manuel Pinto da Fonseca, organismo periférico ,conexo e tutelado moral e juridicamente pela Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana Militar de Malta, no acto representada pelo Presidente da Fundação, Sr. Dr. Adalberto Neiva de Oliveira assinou conjuntamente com S.E. o Sr. Presidente da Câmara de Gaia o texto do protocolo, o qual prevê a utilização dos espaços, ora restaurados e cedidos à Fundação, para fins assistenciais no âmbito das actividades da Assembleia Portuguesa , designadamente no norte de Portugal e nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, nomeadamente no tocante ao apoio às Embaixadas da Ordem de Malta existentes nesses países.
Após a cerimónia de assinatura, Suas Excelências visitaram as instalações cedidas à Fundação.


Cerimónias comemorativas do Dia do Santo Patrono e do 110º Aniversário da Assembleia Portuguesa

No passado dia 27 de Junho decorreram no Palácio Nacional de Queluz as cerimónias solenes comemorativas do Santo Patrono São João Baptista , e do centésimo décimo aniversário da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana Militar de Malta.
S.Exª Reverendissima o Arcebispo Emérito Primaz de Braga, Capelão Grã Cruz Conventual « ad honorem» presidiu à Santa Missa rezada na Capela Real Do Palácio Real de Queluz, e durante a qual foram investidos 7 novos cavaleiros e 1 Dama.
S.E o Conde de Albuquerque condecorou ainda duas personalidades com a Ordem Pro Merito Melitense.
A seguir à celebração da Santa Missa , S.E. o Sr. Conde de Albuquerque, Presidente da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem de Malta , juntamente com Sua Excelências os Senhores Chefes de Estado Maior Do Exército e da Marinha dirigiram –se acompanhados da totalidade dos confrades e dos convidados presentes à Praça do Palácio onde prestaram homenagem à memória de Sua Majestade a Rainha Dona Maria I, depondo uma coroa de flores junto à estátua da Soberana. Nessa ocasião o Sr. Chanceler S.E. o Sr. Embaixador Dr. Manuel Côrte Real usou da palavra, proferindo um breve discurso alusivo à obra e acção da Rainha Dona Maria I e de seu esposo El Rei Dom Pedro III.
Finda a homenagem todos os presentes dirigiram-se aos Jardins de Malta do Palácio de Queluz onde foi servido um cocktail, seguindo-se um jantar na Sala do Trono, presidido por S.E. o Sr. Conde de Albuquerque.
No fim do jantar S.E. usou da palavra, saudando os presentes, em particular os convidados e os novos cavaleiros, exortando-os a cumprir o juramento feito e a realizarem boas obras, sempre no respeito do Tuitio Fidae e do Obsequium Pauperum.
Fez ainda no seu discurso, um resumo das actividades da Assembleia Portuguesa nos últimos cento e dez anos , falando também nos projectos que se perspectivam para os próximos anos.
Após o jantar foi lançado o nº 11 da Revista Filermo, e apresentada uma peça (10 exemplares) comemorativa do 110 º aniversário da Assembleia Portuguesa: um painel de azulejos do Seculo XVII, de belíssima execução e de fino recorte , representando a Cruz de Malta.