quarta-feira, 21 de outubro de 2009

CVOM - Dádiva de Sangue no Porto e Lisboa



No dia 2 de Outubro, fruto de uma ideia de partilha do bem mais precioso de cada ser humano, a vida, foi, pela segunda vez, organizada uma dádiva de sangue em colaboração com o Instituto Português do Sangue – Centro Regional do Porto e, este ano também, Lisboa.
Cumprindo o lema da Ordem de Malta, compareceram alguns voluntários e cavaleiros, nomeadamente o nosso Hospitalário, concretizando a sua dávida de sangue.
O lema do cartaz de divulgação desta acção foi “Dar sangue é dar vida” e, na realidade, sabemos que esta humilde e pequena contribuição do CVOM poderá salvar algumas vidas e auxiliar muitos doentes que dela estão dependentes.
O Instituto Português de Sangue, deslocou a sua unidade móvel até ás actuais instalações do CVOM, gentilmente cedidas pelo Exército Português, onde estacionou e recebeu, cortesmente, todos os que se quiseram associar a esta acção caritativa.
Com muito profissionalismo e excelentes condições logísticas, os voluntários e alguns cavaleiros foram passando, primeiro pela consulta médica, e em seguida para a sala onde foram preparadas as recolhas.
Quatro a quatro, num espírito que deixa transparecer bem a motivação e atitude Hospitalária, foram sendo recolhidas as preciosas unidades de sangue.
Simultaneamente, em Lisboa, as colheitas foram efectuadas no Hospital da Ordem Terceira, que gentilmente cedeu uma sala para a actividade.
No final, o Instituto Português de Sangue pode contar com 13 colheitas.
Animados pela generosidade dos participantes e por esta contribuição para a saúde dos doentes que, assim, poderão beneficiar do precioso líquido da vida, oferecemos, agradecidos, esta acção a Deus Nosso Senhor por intermédio de São João Baptista nosso padroeiro.