quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Comunicado da Secretaria de Estado da Santa Sé sobre o reconhecimento das Ordens de Cavalaria

A Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana Militar de Malta, entende ser oportuno divulgar as partes mais relevantes do comunicado emitido pela Assessoria de Imprensa do Vaticano no passado dia 16 de Outubro acerca do reconhecimento das Ordens de Cavalaria, considerando oportuno reiterar aquilo que já foi publicado no passado:
"Além da suas próprias Ordens de Cavalaria (Ordem Suprema de Cristo, Ordem da Espora de Ouro, Ordem Piana, Ordem de São Gregório Magno e Ordem de São Silvestre Papa) a Santa Sé reconhece e tutela apenas a Ordem Soberana Militar de Malta também denominada Ordem Soberana e Militar Hospitalária de São João de Jerusalém, de Rodes e de Malta, e a Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro de Jerusalém. Não há qualquer agregação a esta listagem".

Todas as demais ordens, instituídas recentemente ou derivadas de ordens medievais, NÃO SÃO reconhecidas pela Santa Sé, não podendo esta, portanto, garantir a sua legitimidade histórica e jurídica, nem a sua finalidade, nem os seus sistemas de organização.(...)
Para evitar possíveis mal-entendidos relacionados inclusive com a emissão ilícita de documentos e com o uso indevido de lugares santos, bem como para impedir a continuação de abusos que possam resultar em dano contra muitas pessoas de Boa Fé, a Santa Sé confirma que não atribui nenhum valor a diplomas de Cavaleiros nem às relativas insígnias emitidas por associações não reconhecidas e confirma ainda que NÃO considera apropriado utilizar as Igrejas e Capelas para as chamadas "cerimónias de investidura".