quinta-feira, 7 de março de 2013

Deslocação de uma delegação da Assembleia Portuguesa aos Açores

Visita de apresentação de cumprimentos ao Comandante da zona aérea dos Açores

No dia 28 de Fevereiro uma delegação da Assembleia Portuguesa composta por S.E. o Sr. Presidente da Assembleia, Srs. Secretário do Conselho e Assessor do Secretário, Exm.º Sr. Capelão Magistral Padre Doutor João Maria Borges de Sousa Mendes, e por S.E. o Sr. Embaixador da Ordem de Malta em Portugal, visitou a Base das Lajes, na Ilha Terceira nos Açores, tendo apresentado cumprimentos a S.E. o Sr. General PILAV Luís  Ruivo, Comandante da zona aérea dos Açores.

Apresentação de cumprimentos a sua Excelência o Sr. Representante da República

Neste mesmo dia a delegação apresentou cumprimentos a S.E. o Sr. Representante da República nos Açores, Embaixador Pedro Catarino, no seu gabinete no Solar da Madre de Deus, em Angra do Heroísmo, tendo nessa mesma ocasião dirigido a S.E. um convite para assistir às cerimónias de Investiduras e comemorativas do 900 º aniversário da Ordem de Malta, que este ano decorrerão em Ponta Delgada,  na ilha de São Miguel, Açores.

Apresentação de cumprimentos ao Vice-Presidente da Câmara Municipal de Angra

Igualmente nesta deslocação à Ilha Terceira a delegação da Ordem de Malta apresentou cumprimentos nos Paços do Concelho a S.E. o Sr. Vice-Presidente da Câmara de Angra do Heroísmo, Dr. Hugo Louro da Rosa, em substituição de S.E. A Srª Presidente da Câmara, nessa ocasião ausente do Município.

Apresentação de cumprimentos ao Vigário Geral da Diocese de Angra e dos Açores

Ao fim da tarde, a delegação deslocou-se ao Paço Episcopal de Angra, tendo nessa ocasião apresentado cumprimentos a Monsenhor Hélder Mendes, Vigário Geral da Diocese.

Entrevista ao Diário Insular de Angra

Por ocasião da visita a Angra S.S.E.E. os Srs. Embaixador e Presidente deram uma entrevista ao Diário Insular, acerca da natureza e das atividades da Ordem de Malta em Portugal e no Mundo, tendo lembrado nessa mesma ocasião, que a cerimónia formal de Investiduras de novos membros decorrerá este ano nos Açores no dia 8 de Junho.

Apresentação de cumprimentos à Vice-Presidente da Assembleia Regional dos Açores

No dia 1 de Março, a delegação da Assembleia Portuguesa  acompanhada de S.E. o Sr. Embaixador da Ordem de Malta em Portugal, foi recebida em audiência de apresentação de cumprimentos na sede de São Miguel da Assembleia Legislativa Regional, em Ponta Delgada, pela Exm.ª Srª Dr.ª Berta Cabral, Vice-Presidente da Assembleia.

Apresentação de cumprimentos ao Presidente do Governo Regional dos Açores

Neste mesmo dia a delegação da Assembleia Portuguesa foi recebida em audiência de apresentação de cumprimentos por S.E. o Sr . Presidente do Governo Regional, Dr. Vasco Alves Cordeiro, na sede da Presidência do Governo Regional, no Palácio de Sant'Ana em Ponta Delgada.
Durante a audiência foram abordados diversos temas relacionados com a presença da Ordem de Malta no arquipélago, tendo ainda S.E. aceite o convite para participar nas cerimónias previstas para o dia 8 de Junho.

Apresentação de cumprimentos ao Comandante Operacional dos Açores

A delegação da Assembleia Portuguesa, deslocou-se ainda ao Palácio dos Condes de Santa Catarina, sede do Comando Operacional dos Açores, para uma audiência com S.E. o Sr. Almirante C.O.A., afim de apresentar cumprimentos .

Apresentação de cumprimentos ao Comandante da Zona Militar dos Açores

No seguimento da sua visita, os membros da Delegação da Assembleia Portuguesa, acompanhados por S.E. o Sr. Embaixador da Ordem de Malta em Portugal, foram recebidos no Forte de São Brás em Ponta Delgada para uma sessão de apresentação de cumprimentos a S.E. o Senhor Major-General José Manuel Cardoso Lourenço, Comandante da Zona Militar dos Açores, tendo ainda agradecido a todo o apoio logístico que será prestado à cerimónia do lançamento nos Açores dos três livros já publicados da autoria de S.E. o Sr. Presidente da Assembleia Portuguesa, Conde de Albuquerque, acerca da Ordem de Malta.

Visita à igreja de São José em Ponta Delgada

Ainda nessa tarde, os membros da Delegação foram recebidos pelo Reverendo Padre Sr. Comendador Duarte do Espírito Santo de Mello, Pároco da Igreja de São José, no Campo de São Francisco, tendo nessa ocasião oportunidade de trocar ideias e impressões acerca da preparação das cerimónias de Investiduras, comemorativas do 900º aniversário da Ordem de Malta nos Açores, as quais decorrerão nesta Igreja de Ponta Delgada.

Audiência na Câmara Municipal de Ponta Delgada

A delegação foi igualmente recebida por S.E. o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Dr. José Manuel Bolieiro, nos Paços do Concelho.
Nessa ocasião foram apresentados cumprimentos, tendo sido dirigido um convite para assistir e participar nas cerimónias previstas para o dia 8 de Junho.
Perspetivam-se também boas relações institucionais e de cooperação no domínio assistencial entre o Município e a Assembleia Portuguesa.

Reunião de trabalho no Palácio José do Canto

A delegação da Assembleia Portuguesa, assim como S.E. o Sr. Embaixador ficaram hospedados no Palácio José do Canto, residência de S.E. o Sr. Conde de Albuquerque nos Açores, tendo mantido uma importante reunião de trabalho com os representantes de diversas entidades (corais, orquestras, fornecedores, bandas, ranchos folclóricos, empresas de catering, etc) que irão contribuir para a organização das cerimónias previstas para dia 8 de Junho.

Audiência com o Bispo dos Açores

Em visita pastoral à ilha de São Miguel, Sua Excelência Reverendíssima  o Sr. Bispo de Angra e dos Açores Dom António Braga recebeu em audiência S.S.E.E. os Srs. Embaixador e Presidente, acompanhados do Exm.º Sr. Dr. José Manuel de Almeida Mello, Director da Biblioteca Municipal de Ponta Delgada.
Nessa ocasião, os representantes da Ordem de Malta em Portugal, apresentaram os seus cumprimentos a S.E. Reverendíssima , e dirigiram-lhe o convite, desde logo aceite, para presidir às cerimónias religiosas previstas para o dia 8 de Junho.
Foi também comunicada a Sua Excelência Reverendíssima a intenção de se abrir uma sede nos Açores e de ser desenvolvido um trabalho assistencial em prol dos mais desfavorecidos, de nossos senhores os pobres e os enfermos, dando cumprimento ao Obsequium Pauperum e ao Tuitio Fidae.