domingo, 2 de novembro de 2014

Conferência Ásia-Pacifico da Ordem de de Malta em Hong Kong

A Conferência Ásia-Pacifico da Ordem de de Malta  realizada em Hong Kong de 17 a 19 de outubro, foi a primeira a ser realizada em território chinês, o que constitui um sinal da crescente importância e crescimento de associações nacionais, embaixadas e organizações da Ordem no sudeste da Ásia e na Oceânia. 
Após as conferências em Singapura, Manila e Sidney, Hong Kong foi a quarta reunião Ásia-Pacífico regional da Ordem de Malta. O Barão Albrecht Boeselager, Grão-Chanceler e o Dr. Dominique de La Rochefaucauld-Montbel, Grande Hospitalário participaram no evento com os Presidentes das Associações da Austrália, Filipinas e Singapura e representantes da Ordem de Malta em Hong Kong, Tailândia, Camboja e Timor Leste. Também participaram representantes de agências especializadas da Ordem, ou seja, Malteser International, a agência mundial de ajuda humanitária a desenvolver projetos em 15 países no continente asiático, a Ordre de Malte France, operando principalmente no Camboja, Laos e Vietname, e CIOMAL, o tratamento de pacientes de hanseníase nas suas instalações especializadas, especialmente no Camboja, a Assembleia Portuguesa fez-se representar com o Assessor do Hospitalário o Senhor Coronel João Alvelos, que fez uma apresentação das atividades da nossa Assembleia, bem como, apresentou alguns desenvolvimentos nos contactos, nomeadamente com Macau e Goa, zonas onde a experiência portuguesa poderá ajudar este importante projeto de potenciação regional da Ordem de Malta.
A participação dos representantes da Ordem  de Malta na Coreia do Sul foi significativa, uma vez que foi a primeira vez que participou na conferência com a sua própria delegação. 
Durante a reunião, os projetos lançados nos últimos doze meses foram apresentados, programas de longo prazo analisados e estratégias futuras discutidas. Temas debatidos incluíram a falta de acesso a cuidados de saúde, a defesa da vida e da luta contra a pobreza e desnutrição. A melhoria da capacidade de resposta a desastres naturais foi um dos temas tratados, à luz do recente aumento na atividade sísmica, tempestades violentas e tufões por todo o continente. 
No seu discurso, o Grão-Chanceler ressaltou a importância do empenho pessoal em obras da Ordem e, em particular, o valor da participação dos jovens em organizações de voluntários. O Grande Hospitalário valorizou as alianças entre órgãos da Ordem, em matéria de cooperação internacional e sobre a importância de joint ventures entre a Ordem e outras organizações que compartilham os mesmos valores. Existiu uma sessão dedicada a bioética e outra para comunicação da Ordem, regras e cuidados especiais. 
A quinta conferência Ásia-Pacífico da Ordem de Malta terá lugar no Outono de 2015, em local a ser definido.
Após a participação nesta reunião em Hong Kong, o Senhor Coronel João Alvelos deslocou-se a Macau, cumprindo orientações do Presidente da Assembleia Portuguesa com vista à instalação de uma entidade embrionária da Ordem de Malta em Macau, à semelhança de Hong Kong. Assim, teve reuniões de trabalho com Sua Excelência Reverendíssima o Sr. D. José Lai, Bispo Diocesano de Macau, com o Dr. Manuel Ricardo da Silva, Chanceler do Consulado-Geral de Portugal em Macau e em Hong Kong, com o Dr Jimmy Chu, Presidente da Fundação de Cardiologia de Macau, e com o Dr Alberto Carvalho Neto, Presidente da Associação de Jovens Empresários Portugal-China. Foi também apresentar cumprimentos em nome do Presidente da Assembleia Portuguesa ao Dr. Victor Sereno Cônsul-Geral de Portugal em Macau.